Progressos no tratamento de diabetes


Syringe and insulin

Para pacientes com diabetes insulinodependente, a vida parece um constante ato de equilíbrio – monitorar cuidadosamente os níveis de açúcar no sangue e a ingestão de calorias durante o dia inteiro e aplicar os níveis corretos de insulina nas horas certas para evitar complicações de saúde. Mas será que há uma cura funcional no horizonte? Uma parceria entre a Gore e a empresa de biotecnologia ViaCyte pode abrir novas possibilidades. 

O diabetes ocorre quando o pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina, ou quando o corpo não responde adequadamente à insulina. Complicações de longo prazo podem envolver danos aos rins, olhos, nervos e sistema vascular, sendo importantíssimo que os pacientes administrem a doença. 

Para pacientes com diabetes tipo 1 – uma doença autoimune que geralmente começa na infância – são necessárias injeções de insulina diversas vezes ao dia. Pacientes com diabetes tipo 2 também podem precisar de injeções de insulina se alterações de dieta, exercício e medicação por via oral não conseguirem mais controlar a doença. 

Há mais de uma década, a ViaCyte lidera o caminho no desenvolvimento de terapias de substituição celular para diabetes insulinodependente. A empresa está explorando um tratamento com células-tronco para diabetes que pode eliminar a necessidade de monitoramento frequente da glicose do paciente e injeções de insulina, assim como os riscos associados. 

A Gore está fazendo uma parceria com a ViaCyte envolvendo tecnologias de encapsulamento para proteger as células do sistema imunológico do paciente. Estamos nos servindo dos mais de 40 anos de experiência da Gore na aplicação do seu conhecimento de ciência dos materiais a uma variedade de desafios específicos do setor das ciências da vida. 

“Temos experiência comprovada no desenvolvimento e comercialização de novos materiais e produtos inovadores para enfrentar desafios de aplicações de dispositivos médicos implantáveis e resolver problemas difíceis dos fabricantes de produtos biológicos”, diz Edward Gunzel, líder técnico da Gore PharmBIO Products. “A Gore e a ViaCyte começaram a explorar essa colaboração em 2016, após os estimulantes progressos iniciais levarem a este acordo, e ficou claro para nós que unirmos esforços com a ViaCyte representa uma oportunidade sinérgica para ambas as empresas. A experiência, o conhecimento e a propriedade intelectual que os dois lados trazem são altamente complementares. Estamos ansiosos para trabalhar com a ViaCyte e desenvolver novas tecnologias de entrega implantável de terapias celulares.”